Decifra-me ou devore-te

      Nenhum comentário em Decifra-me ou devore-te

Decifra-me

Não tentes explicar-me com simples palavras, frases, teorias ou conceitos.
Eis o meu enigma, o meu desafio e o meu ultimato: “Decifra-me ou devore-te”.
Ouse trilhar os intricados caminhos que abrirão as portas do meu ser a tí.
Ou seja devorado pela totalidade e pela imensidão que existem dentro de mim.

Dreamaker, 13/05/2013-10:30

N.D.A.: Decifra-me ou devore-te” – este era o desafio em forma de enigma da Esfinge de Tebas: “Que criatura tem quatro pés de manhã, dois ao meio-dia e três à tarde?“. Ela estrangulava aqueles que se mostrassem incapazes de responder a este enigma – dai a origem do nome “Esfinge”, que deriva do grego sphingo, que significa estrangular.